4 dicas práticas de como se sentir bem ainda hoje

0 Flares 0 Flares ×

Nos últimos dias passei a me perguntar: Porque faço as coisas que faço?

Muitas das decisões que eu e você tomamos estão diretamente ligadas ao que vivemos em nossas infâncias.

Por vezes ficava incomodada com certas circunstâncias, mas acabava “aceitando” mesmo sabendo que não me agradava. Mas por quê?

A princípio acreditava que minha postura se dava ao tentar não magoar as pessoas. Só hoje me dou conta que isso se deve aos abandonos que sofri na infância. Minha mãe “trabalhava fora” e eu acabava ficando aos cuidados de tias e avó.

Eu era muito novinha, mas isso ficou gravado no meu subconsciente e toda vez que vivo uma situação nada satisfatória, mas tenho que fechar o ciclo, sinto-me bloqueada, justamente por não querer viver novamente aquele sensação de abandono que sentia toda vez que minha mãe passava meses longe de casa.

Descobri os “porquês” não garante a mim ou você solução dos problemas,  mas com uma bússola na mão é mais fácil chegar ao destino.

Pais controladores, chefes abusivos, relacionamentos tóxicos… o que tem tirado sua paz?

Se forem pais controladores, aceite sua condição como adulta que é, e tome as rédeas de sua vida.

Quantos aos chefes abusivos, aprenda a ser assertiva, sempre que falar olhe diretamente em seus olhos, falando sempre com o rosto e o corpo voltado para ele, mantenha uma postura ereta, fale ao ponto de ouvir sua voz: não grite mas não fale baixo de mais.

Relacionamentos tóxicos são uma praga! Quando se aceita viver numa relação num perde/ganha, ou seja você só perde e seu parceiro só ganha, falta-lhe amor próprio.

Quando nos amamos não permitimos que o outro nos humilhe, nos maltrate. Achamo-nos importantes demais para servir de tapete para o outro passar ou pisar.

Conhece alguém que vive assim?

Acredito que sim.

Nos últimos meses tenho aprendido que temos aquilo que achamos merecer. Se não se acha digna de receber o melhor, então não terá esse melhor.

Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele. Come e bebe, te disse ele; porém o seu coração não está contigo. Provérbios 23:7

Já observou que há mulheres bonitas e boas que vivem uma vida triste, enquanto há mulheres que não são regradas dos mínimos valores e vivem uma vida de princesa?

Pois é, a segunda acha-se merecedora de ser uma princesa, ainda que ela não tenha caráter. Quanto que a  primeira acha-se a gata borralheira e assim será pelo resto da vida, caso não mude seu modo de ser ver.

Mas, não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá (Gálatas 6:7).

Se você vive numa situação que tem tirado sua paz quero te deixar algumas dicas:

1.Seja assertiva:

Aprenda a dizer “não”. Não aceite menos do que você merece, a princípio as pessoas vão estranhar sua postura, mas mantenha-se firme. Defenda seus ideias e valores.

2. Cuide-se:

Muitas mulheres alegam que a mulher virtuosa deve apenas temer a Deus, sim claro que é de extrema importância temer Aquele que nos criou, mas se a beleza não fosse importante por tantas vezes ela não seria descrita na bíblia.

 

Já dizia Coco Chanel:

Não existem mulheres feias. Existem mulheres que não sabem se arrumar.

 

Ainda falando em se vestir. Vista-se conforme seu corpo e idade, nada mais deselegante do que mulheres de 30 que querem se vestir como meninas de 15. Apesar de a mídia defender que as mulheres devem andar semi-nuas. Um homem de caráter sempre prefere sair com uma mulher bem vestida.

3. Esqueça o passado:

É a tarefa mais difícil, mas não é impossível. Como um computador reprograme-se. Crie novos hábitos. Sempre que tiver tensa com medo pergunte-se: Porque me sinto assim? E tente uma solução racional.

Quando fala-se em razão lembra-se automaticamente de homens, mas acho a racionalidade algo elegantíssimo e procuro pôr em pratica em minha vida. Nada mais elegante do que num momento de desespero manter a compostura.

Já fui mal interpretada por conta dessa minha postura. Mas prefiro mil vezes manter-me calma, do que sair descabelando-me.

4.Para finalizar sobre como se sentir bem

Sorria. (rs) Apostolo Paulo por vezes aconselhou os irmão: Regozijem-se.

 

Que o Deus de paz e de amor faça morada em seu coração.

Patrícia Torres

 

 

 

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Autor(a): Patrícia Torres

Patrícia Torres é pedagoga e estudante da bíblia. Tem grande amor por Deus e por sua eterna misericórdia.

Compartilhe este artigo

Se você tem orado, jejuado, batalhado... 

e mesmo assim não consegue vitórias...

talvez esteja cometendo este grave erro...

=> CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS <=

2 Comentários

  1. Gostei muito desse post,realmente edifica nossas vidas e nos faz ver o quanto podemos melhorar e ser canal de Deus para aqueles q nos rodeia.

    Post a Reply
  2. Que bom que gostou Marta! Visite-nos mais vezes, sempre postamos artigos edificantes.

    Post a Reply

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

A Bíblia tem todas as respostas para o seu casamento. Seja sábia: aprenda e lê-la e interpretá-la facilmente. CLIQUE AQUI!
0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×