Top 3 decisões que tomei para salvar meu casamento

0 Flares 0 Flares ×

Oi, eu me chamo Cintia, sou a autora deste blog e meu casamento estava à beira da falência. Sabe aquela fase em que absolutamente TUDO acaba em briga ou indiferença? Pois é, esta era minha história, e eu conto um pouco mais dela neste artigo aqui.

Porém, o que quero compartilhar com você agora,  foi o que Deus me direcionou a fazer. Não apenas para transformar meu casamento, mas para me capacitar a ajudar  outras esposas a replicar e transformar suas próprias relações.

Eu decidi fazer diferente de quase tudo que via a maioria das mulheres cristãs fazerem. E deu super certo para mim, e também para as leitoras aqui do blog.

Não fiz isso por antipatia ou por me julgar superior, ao contrário, sou super comum, pé no chão.  Eu apenas abri meu coração para Deus, e eu queria muuuuuito resolver meu problema do jeito mais simples e rápido possível.

Então eu evitei tudo que fui percebendo que não dava certo. E isso me ajudou a tomar 3 decisões que considero as mais importantes para meu sucesso.

Vejamos então, as 3 decisões mais importantes que tomei para transformar meu casamento. Todas foram muito importantes, mas a terceira foi fundamental.

As top 3 decisões que mudaram meu casamento

  1. Não fazer campanhas em igrejas 

Eu nasci em um lar cristão, praticamente cresci dentro de uma igreja… rsss… e o que mais vi a vida inteira foi esposas fazendo campanhas de oração/libertação para os maridos.

Sim… elas ficavam 5, 10, 15 anos orando fervorosamente para Deus mudar seus esposos e repreendendo todo espírito maligno.

E eu pensava: se tantas mulheres estão fazendo isso há tanto tempo, e parece que a situação não muda, é porque tem algo errado.

Provavelmente o problema não é apenas espiritual, porque a bíblia afirma que há castas de demônios que só saem com jejum e oração.

Quer dizer: se orar e jejuar elas TÊM de sair.

Se a situação persiste, o problema então é outro, pois a Palavra de Deus é fiel.

Então a primeira decisão que tomei foi entender a REAL CAUSA DOS PROBLEMAS,  e já dava para perceber que nem sempre a culpa era só do diabo.

  1. Não falar dos meus problemas com ninguém, mas buscar boas informações de fontes confiáveis 

Bem… após perceber que nem todos os problemas de um casamento são espirituais, comecei a procurar pessoas com as quais me aconselhar, pois a bíblia afirma que na multidão de conselhos há bom êxito (Pv11:14).

E daí já veio uma grande decepção. Descobri que, na verdade, o meio cristão está muito carente de bons conselheiros. Pessoas que estão dispostas a ouvir sem julgar, e ensinar coisas práticas, ao invés de apenas teorias fofinhas.

Sempre que  buscava conselhos de algum pastor da minha igreja ou de algum irmão mais “espiritual”, saía com uma das duas sensações:

  1. Eu me sentia mal com palavras duras de acusação (às vezes contra mim, às vezes contra meu esposo – e naquele momento o que eu menos precisava era sentir mais raiva dele…rsss)
  2. Eu sentia que a pessoa só sabia um monte de frases prontas que não tinham qualquer caráter prático, tipo: confia em Deus, coloca Jesus no centro do seu casamento, o Espírito Santo vai lhe ajudar…

Isso sem contar com alguns conselhos que recebi que foram uma tremenda furada.

Então foi aí que tomei a segunda decisão mais importante no processo de restauração do meu relacionamento:

– Falar menos e estudar mais.

Resolvi parar de pedir conselhos de irmãos bem-intencionados, e comecei a ouvir o que especialistas em relacionamentos e desenvolvimento pessoal tinham a dizer. Sim, eu procurei conselho nos livros. Afinal, a bíblia ensina que devemos buscar a Sabedoria.

Eu lia livros de desenvolvimento pessoal e estudava a bíblia. Percebi que muitos dos ensinamentos  dos livros tinham respaldo bíblico, então simplesmente comecei a aplicá-los na minha relação.

E pimba…. é claro que deu certo.

  1. Parar de reclamar e restaurar o diálogo com meu esposo 

A terceira decisão mais importante veio através de um sonho e uma experiência com Deus.

Nesta fase meu casamento já estava indo literalmente por água a baixo. E tudo que eu conseguia fazer era resmungar e cobrar as coisas do meu esposo:

Eu cobrava carinho, cobrava atenção, cobrava comprometimento, cobrava espiritualidade… enfim, eu só abria a boca para levar peso para a vida dele.

Foi então que uma noite meu marido sonhou com uma mendiga horrível que dizia que destruiria nosso casamento. Ele me contou o sonho e eu fui orar.

Daí Deus me deu uma verdadeira lição de vida. Me mostrou um versículo em 1 Coríntios que mudou completamente minha mentalidade.

Eu percebi que eu mesma estava destruindo meu casamento através das minhas palavras, da constante murmuração.

Foi daí que tomei a terceira decisão mais importante para meu casamento:

Resolvi que restauraria o diálogo dentro do meu lar. E que minhas palavras seriam sábias e construtivas.

Decidi aprender a dialogar com eficiência e amorosidade.

E claro, foi a partir daí que tudo realmente começou a mudar. AFINAL, NÃO EXISTE RESTAURAÇÃO DE RELACIONAMENTOS SEM DIÁLOGOS EDIFICANTES E CONSTRUTIVOS.

Eu percebi que poderia passar a vida inteira repreendendo demônios, mas se eu não aprendesse a dialogar dentro de casa, certamente o mal retornaria (Mateus 12).

Aprender a falar e a ouvir foi uma experiência de cura e de conexão incrível com meu marido.  Isso transformou nossa relação.

Conclusão: testemunho de restauração de relacionamento

Bem, estas foram as três decisões mais importantes que eu tomei para, não somente restaurar, mas construir as bases sólidas de um relacionamento duradouro.

E a quarta maior decisão que tomei foi de compartilhar com as pessoas o que eu tinha aprendido.

E por isso recebo tantos testemunhos emocionados de pessoas que aprenderam a colocar a bíblia em prática dentro dos seus lares, construindo relacionamentos cheios de amizade e compreensão. Você pode ler alguns deles aqui.

E caso você deseje aprender um pouco mais, eu lhe aconselho a conhecer o treinamento  que fiz chamado COMUNIQUE-SE MELHOR NO CASAMENTO.

Sem dúvida é um treinamento prático e eficiente, com técnicas de comunicação que eu usei, ensinei para centenas de leitoras, e depois cataloguei de forma muito prática e bíblica o que dava melhor resultado.

Clique aqui para conhecer o COMUNIQUE-SE MELHOR NO CASAMENTO.

E junto com este treinamento você receberá materiais valiosos sobre autoestima, sobre ser uma pessoa mais estrategista e eficiente, sobre aprender a controlar a murmuração, e com isso você desfrutará de muito mais segurança no seu relacionamento, conquistando também a admiração do seu esposo.

No mais, espero que este artigo lhe ajude a abrir a mente em relação ao seu relacionamento. E que você também construa bases sólidas de diálogo e sabedoria. Sem dúvida, estes são pilares valiosos dentro de qualquer relação bem-sucedida.

Se você se sentiu edificada, compartilhe estas ideias para que mais pessoas possam aprender.

Deus a abençoe ricamente,

Mulher Sábia e Virtuosa.

imagem:

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Autor(a): Cintia

Mulher Sábia e Virtuosa é cristã. Autora de vários livros, muitos deles presentes na seção PRODUTOS deste blog. Confira!

Compartilhe este artigo

Se você tem orado, jejuado, batalhado... 

e mesmo assim não consegue vitórias...

talvez esteja cometendo este grave erro...

=> CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS <=

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

A Bíblia tem todas as respostas para o seu casamento. Seja sábia: aprenda e lê-la e interpretá-la facilmente. CLIQUE AQUI!
0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×